sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz 2011!!!


O Tempo

"Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança,
fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar
e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação
e tudo começa outra vez, com outro número
e outra vontade de acreditar
que daqui para diante tudo vai ser diferente.

(Carlos Drummond de Andrade)


Que 2011 seja muito mais especial que 2010 (e olha que 2010 foi O ANO para mim)!!!
Muitaaaaaaaaa saúde, paz, gargalhadas, dim dim e Amor, por si mesmo e pelo próximo!

Vem com tudooooooooo 2011!!!

\O/\O/

sábado, 20 de novembro de 2010

Diabetes parte II!


Como já foi dito no post anterior o tratamento consiste em: dieta + atividade física+ se necessário insulina ou hipoglicemiantes orais.

Aqui estão algumas orientações nutricionais para diabéticos:

-Comer de 3 em 3 horas para evitar hipoglicemias severas;
-Evitar o consumo de açúcar(utilizar sucralose ou stévia), doces, refrigerantes;
-Substituir carnes gordas pelas magras;
-Evitar frituras;
-Reduzir o consumo de produtos industrializados;
-Aumentar o consumo de frutas e hortaliças;
-Sempre iniciar o almoço e jantar com uma boa quantidade de salada;
-Aumentar o consumo de fibras substituindo alimentos refinados por integrais;
-Aumentar o consumo de alimentos ricos em ômega 3, cromo, zinco, vitamina C e E;
-Verificar nos rótulos dos produtos diet qual o nutriente é isento;
-Diminuir a ingestão de sal;
-Preferir alimentos de baixo índice e carga glicêmica;
-Incluir no cardápio sempre que possível: azeite de oliva, aveia, abacate, mirtilo, chá verde e biomassa da banana verde.
-Procurar um nutricionista para dieta específica e individualizada.

Importante lembrar que Nada é Proibido, apenas deve ter equilibrio e atenção redobrada! ;)

Obs:
O índice glicêmico (IG) é o potencial que um determinado alimento tem de aumentar a carga de açúcar no sangue.


Links :

Tabela de IG:
http://nutricao.diabetes.org.br/images/pdf/215_Tabela_de_IG.pdf


http://www.sanofi-aventis.com.br/live/br/pt/layout.jsp?scat=B77F1C0C-A67B-45A3-A87C-A9513B3C4580

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Diabetes parte I


Hoje vou começar a falar um pouquinho sobre diabetes, aproveitando que no dia 14 de novembro foi o dia mundial da prevenção da mesma.

Segundo dados da Federação Internacional de Diabetes (IDF)'' em todo o mundo, pelo menos 245 milhões de pessoas têm diabetes e um alto percentual vive em países em desenvolvimento.
Em 30 anos, este número deve chegar a 380 milhões no mundo. No Brasil cerca de 10 milhões de pessoas são portadoras da doença e aparecem 500 novos casos por dia.

Essa patologia ocorre quando há um aumento de glicose (açúcar) no sangue. Podendo ser de 2 tipos:

-Tipo 1:
Este tipo ocorre quando o pâncreas deixa de produzir insulina (hormônio responsável pela entrada de glicose nas células), tendo como causa uma ação auto-imune onde o próprio organismo destrói as células beta pancreáticas.
Neste tipo de diabetes é necessário insulinoterapia.

A maioria das pessoas com DM1 desenvolve grandes quantidades de auto-anticorpos, que circulam na corrente sanguínea algum tempo antes da doença ser diagnosticada. Os anticorpos são proteínas geradas no organismo para destruir germes ou vírus. Auto-anticorpos são anticorpos com “mau comportamento”, ou seja, eles atacam os próprios tecidos do corpo de uma pessoa. Nos casos de DM1, os auto-anticorpos podem atacar as células que a produzem.

Não se sabe ao certo por que as pessoas desenvolvem o DM1. Sabe-se que há casos em que algumas pessoas nascem com genes que as predispõem à doença. Mas outras têm os mesmos genes e não têm diabetes. Pode ser algo próprio do organismo, ou uma causa externa, como por exemplo, uma perda emocional ou também alguma agressão por determinados tipos de vírus. Outro dado é que, no geral, é mais frequente em pessoas com menos de 35 anos, mas vale lembrar que ela pode surgir em qualquer idade.

Sintomas:

Pessoas com níveis altos ou mal controlados de glicose no sangue podem apresentar:
• Vontade de urinar diversas vezes;
• Fome freqüente;
• Sede constante;
• Perda de peso;
• Fraqueza;
• Fadiga;
• Nervosismo;
• Mudanças de humor;
• Náusea;
• Vômito


-Tipo 2:

Sabe-se que o diabetes do tipo 2 possui um fator hereditário maior do que no tipo 1. Além disso, há uma grande relação com a obesidade e o sedentarismo. Estima-se que 60%a 90% dos portadores da doença sejam obesos. A incidência é maior após os 40 anos.

Uma de suas peculiaridades é a contínua produção de insulina pelo pâncreas. O problema está na incapacidade de absorção das células musculares e adiposas. Por muitas razões, suas células não conseguem metabolizar a glicose suficiente da corrente sangüínea. Esta é uma anomalia chamada de "resistência Insulínica".

O diabetes tipo 2 é cerca de 8 a 10 vezes mais comum que o tipo 1 e pode responder ao tratamento com dieta e exercício físico. Outras vezes vai necessitar de medicamentos orais e, por fim, a combinação destes com a insulina.

Sintomas:

Infecções freqüentes;
Candidíase de repetição;
Alteração visual (visão embaçada);
Dificuldade na cicatrização de feridas;
Formigamento nos pés;
Furunculose.

O inicio dos sintomas é lento e podem passar despercebidos por longos períodos, dificultando seu diagnóstico e o tratamento.

O diabetes descompensado leva a algumas complicações como:

Cegueira;
Problemas Cardiovasculares;
Amputações de membros inferiores;
Impotência;
Insuficiência Renal.

Diagnósticos e Exames de Rotina:

-Glicemia de jejum :


Inicialmente, o primeiro exame realizado para verificar se um indivíduo é portador de diabetes, ou possui tendência a se tornar, é a glicemia de jejum.
Os valores considerados normais, após jejum de oito horas, são de 70 a 110 mg/dl. Valores acima de 125 mg/dl indicam uma suspeita de diabetes, exigindo a realização de exames mais específicos, dentre os quais a Curva Glicêmica ( teste de tolerância a glicose ). No entanto, valores acima de 126 mg/dl (por 2 vezes consecutivas) são suficientes para se afirmar que o individuo está diabético, dispensando a realização de qualquer outro exame.

-Glicemia pós-prandial :

O método mais simples e cômodo para avaliar se o indivíduo está diabético, principalmente do tipo 2, é dosar a glicemia 1, 2, 3 horas após uma refeição rica em carboidratos. Em pessoas normais a glicemia não deve ser superior a 160 mg/dl,, 120 mg/dl, 100 mg/ dl em 1,2, 3 horas respectivamente.

-Curva glicêmica :

Este exame consiste em, após uma coleta de sangue em jejum, administra-se glicose por via oral e repete a coleta de sangue 1, 2, 3 horas após, os resultados deste teste dependem do método de analise, mas continua sendo o melhor meio de diagnóstico do diabetes. Valores em jejum acima de 130 mg/dl e após 2 horas acima de 200 mg/dl confirmam o diagnóstico de diabetes mellitus.


Fontes: http://www.diamundialdodiabetes.org.br/
http://www.diabetes.org.br/
http://www.portaldiabetes.com.br/

Parabéns Nando!



Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeee...\o/

Hoje é niver de uma pessoa super especial na minha vidinha!!!

Feliz Niver meu irmãoooooooooo!!!!

Que Deus te ilumine e proteja sempre, sempre!

Te amo!

Sempre e pra sempre!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Alimentos Reimosos???




Oláááá,

já começo pedindo desculpas pelo abandono do blog..
Mas a implantação de todo o serviço de nutrição em um hospital recém inaugurado da uma trabalheira danada! Mas está valendo muitoooooooo a pena.. =)

Hoje meu post será inspirado em uma dúvida frequente dos pacientes da ala cirúrgica..

Toda vez escuto a mesma pergunta: "Dra., não é bom comer alimentos "reimosos" no pós operatório, né?"

Alimentos considerados "reimosos": Carne de porco, peixes de couro, ovos, camarão, caranguejo, pato, tatu, paca, capivara, frutas cítricas, dentre outros.

E ai será que realmente existe isto de alimentos com "reima"???

Sinto decepcionar meus avós, mas não existe! rsrsrs..

Não existe nenhuma base científica que afirme a existência e nem um concenso de origem popular.

Porém, como quase todos alimentos ditos "reimosos" estão ligados a inflamação e alergia creio eu que ocorreu uma generalização da dieta.
Partindo do príncipio da individualidade bioquímica, o que é alérgeno para uma pessoa não necessariamente é para a outra.

Outra coisa que percebo é quando os alimentos "reimosos" estão envolvidos com doenças de repetição. Por exemplo, "fulano comeu tal alimento "reimoso" antes de curar a malária completamente". O que ocorreu ai não foi uma malária não curada e sim uma outra novinha em folha! rsrs

Por isso, não se assustem se no cardápio do hospital aparecer alguma "reima"..rsrsrs!

domingo, 10 de outubro de 2010

Comer comer..é o melhor para poder crescer!


Em comemoração ao dia das crianças o post de hoje é sobre alguns erros frequentes na hora da refeição dos pequeninos..

1.Comer por obrigação e culpa: “Raspe o prato! Não sabia que tem um monte de gente no mundo passando fome?" As crianças devem ser estimuladas a comer bem, porém comer por obrigação e sem estar com fome faz com que elas percam a sensação de saciedade e sempre se alimentem além do necessário. Alerta Vermelho para obesidade!

2. Lanches Fora de Hora: O ideal são seis refeições diárias. Evitar as beliscadas fora desses horários.

3. Oferecer Comida Como Recompensa: Isso passa a ideia de que o almoço não é bom e que a sobremesa é que é o máximo.

4. Ameaçar: "Se não comer vai apanhar", "Se não comer a salada, não vai ganhar presente”. Isso somente vai aumentar o ódio que a criança sente das saladas e das refeições.

5. Brincadeiras na Mesa: Hora de comer é hora de seriedade, evitar fazer aviãozinho. Muito mimo é sinônimo de muita manha.

6. Ceder ao Primeiro "Não Gosto Disso": A criança tem uma tendência a dizer que não gosta de uma comida que ainda não provou. É necessário oferecer de 15 a 20 vezes um alimento para saber se a criança realmente não aprova.

7. Substituir Refeições: Não quer arroz e feijão, então toma um achocolatado. Esse erro é muito comum, e se a criança conseguir uma vez, vai repetir essa estratégia sempre.

8. Ida a uma lanchonete não pode ser um Programão: A comida de casa fica meio sem graça.

9.Dizer Sempre Sim: A criança sem limites vai abusar das calorias e das guloseimas. Devemos ter um dia por semana e situações em que podemos ser mais liberais.

10. Dar o exemplo: Não adianta mandar a criança tomar sucos se os pais somente
bebem refrigerantes.




quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Bolo Integral de Maçã e Damasco


INGREDIENTES:

■2 xícaras de açúcar mascavo peneirado
■1/2 xícara de farinha de trigo integral
■1/2 xícara de farinha de trigo branca
■1/2 xícara de óleo vegetal
■1 xícara de nozes moídas
■1 ovo inteiro ligeiramente batido
■1 colher de chá de canela em pó
■1 colher de chá fermento em pó
■1 colher de sobremesa de essência de baunilha
■2 maçãs descascadas e cortadas em cubinhos
■8 a 10 damascos secos e picados

PREPARO

Misture o açúcar, as farinhas, a canela e o fermento em um recipiente. Aos poucos adicione o ovo, o óleo e a baunilha. Por último adicione as nozes, maçãs e damascos picados. Coloque a massa em forma de tamanho 20 x 25 cm, untada no óleo e enfarinhada. Leve ao forno pré-aquecido em temperatura média e asse-o por 30 minutos.

Depois de pronto, você pode cortá-lo em quadrados e enfeitá-lo com nozes e açúcar impalpável (açúcar de confeiteiro).

Dica 1: Você pode congelar parte do bolo que não for consumir de imediato. Para descongelar, bastam 10 a 20 segundos no microondas.
Dica 2: ao invés de usar apenas 1/2 xícara de farinha integral, você pode usar 1 xícara de farinha integral (e não usar farinha branca). Entretanto, a massa deverá ficar mais pesada.

Fonte: http://www.semlactose.com/index.php/2010/04/28/bolo-integral-de-maca-e-damasco/

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Alho e Cebola na redução da formação de cálculos biliares!


Segundo o British Journal of Nutrition, recentemente um estudo indiano sugeriu que o consumo de alho e cebola pode reduzir a formação de cálculos biliares (as famosas "pedras na vesícula") em cerca de 40%.

O estudo foi realizado com ratos, divididos em dois grupos. O grupo que recebeu na alimentação uma maior quantidade de alho e cebola teve um aumento de duas enzimas responsáveis pelo metabolismo do colesterol- a enzima colesterol 7 alfa-hidroxilase e a esterol 27-hidroxilase- com isso, ocasionando a redução dos níveis de colesterol sanguíneo e consequentemente de cálculos biliares.

Fonte: British Journal of Nutrition. Published online ahead of print, November 2008,
doi:10.1017/S0007114508118748

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Simmmmmm, aos fitoterápicos!



O programa Fantástico não está na lista dos que eu perco meu precioso tempo assistindo e quando assisto lembro bem o porque de não assistir..rss


Lamentável a forma tendenciosa com que o Dr. Drauzio está falando sobre os fitoterápicos.

Concordo que não se deve utilizar sem prescrição do profissional de saúde capacitado e muito menos deixar de lado tratamentos de doenças crônicas, porém até agora não ouvi falar do lado bom dessas maravilhosas plantas!


Eu recomendo, prescrevo e utilizo sim, senhor!


Por que ele não fala dos inúmeros estudos científicos que comprovam a eficácia?

Por que ele não fala que os efeitos adversos dos alopáticos são absurdamente maiores?

E por que não falar que grande parte dos alopáticos tem princípio ativo com origem nestas mesmas plantas?


Claro, a indústria farmacêutica é muito poderosa...


..pois é, tenho meu pé atrás com este novo quadro!




domingo, 12 de setembro de 2010

sábado, 11 de setembro de 2010

Diet ou light?


Depois de alguns dias corridos e sem tempo para postar...volteiii!!! =)

Hoje vou falar sobre a diferença dos produtos diet e light!!! Será que todos deveriam optar pelo light? Ou seria pelo diet? Eis a questão..

Quem nunca comprou um produto diet ou light com o intuito de reduzir algumas calorias? Segundo a Abiad (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos Dietéticos) este mercado cresceu 800% nos últimos 10 anos.

Mas meu caro seguidor, nem tudo que reluz é ouro! rss.. nem sempre escolher diet ou light significa redução de calorias.

A ANVISA(Agência Nacional de Vigilância Sanitária)classifica como diet os produtos com restrição de algum nutriente - por exemplo, açúcar ou gorduras ou proteínas ou sódio. Dietas com restrição de algum nutriente específico são feitas visando algumas patologias, como exemplo diabéticos.

O chocolate diet por exemplo, não contém açúcar, porém contém cerca de 20% a mais de gordura. Se o consumidor não for diabético não estará tendo vantagem alguma neste produto.

Já os produtos light, são aqueles que se comparados com as versões originais tem redução mínima de 25% da quantidade de algum ingrediente. Podendo ser redução de sódio, por exemplo.

Então, se eu comprar um produto light em sódio a quantidade calórica será a mesma do produto original.

E ainda existe outra confusão...

..os refrigerantes light e diet!!!
Qual a diferença??? NENHUMA! Os dois possuem restrição em açúcar e os nomes apenas se modificam por estratégia de venda! Lembrando que, o teor de sódio destes refrigerantes são elevadíssimos!!!

Outro ponto importante é que alimentos diet(isentos em açúcar) normalmente possuem teores elevados de adoçantes artificiais que em excesso são tão prejudiciais quanto grandes quantidades de açúcares! Fique atento!

Para redução calórica e perda de peso dê preferência para os light com redução de gordura.

A melhor opção sempre será ler os rótulos dos alimentos e escolher o que melhor encaixa no seu plano alimentar.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

31/08 Dia do Nutricionista!!!



Parabéns a todos meus colegas de profissão!
Tem dia mais perfeito para início de trabalho e comemoração de posse??? rss..acredito que não!

Deixo uma frase que representa o que sinto por nutrição..


"Sua profissão não é aquilo que traz para casa o seu salário. Sua profissão é aquilo que foi colocado na Terra para você fazer com tal paixão e tal intensidade que se torna chamamento espiritual." (Vincent van Gogh)





sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Até Breve BSB!!!

"Saudade é o preço que pagamos por momentos inesquecíveis"!!!

E é isso.. levo de BSB tudo o que aprendi, todas as experiências magníficas que tive nestes 7 anos, todas as belas amizades que conquistei, tudo o que cresci..e na memória o céu mais lindo do mundo!!!!


E vamos lá, uma vez rondoniense sempre rondoniense! =)

Tudo novo, vida nova!

Ahh e agora nutricionista do HRC! \o/\o/


quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Benefícios da Quinua


A quinua ou quinoa, tem origem nos Andes e que é consumido pelos Incas há mais de 8mil anos.
A palavra quinua significa Grano Madre (mãe dos seres humanos) e este alimento era considerado sagrado para os incas.

É considerado o melhor entre os de origem vegetal, devido a grande quantidade protéica, incluindo os aminoácidos essenciais(que não são produzidos pelo nosso organismo).

Possui uma boa quantidade de ferro, vitaminas do complexo B, ômegas 3 e 6 e seu alto teor de fibras favorece a função intestinal e ajuda na diminuição da glicemia e colesterol total.

Devido ao seu ótimo valor nutricional, a NASA escolheu a quinua como um dos seus principais alimentos para os astronautas em vôos de longa duração.

Uma boa fonte protéica para vegetarianos e uma opção(na forma de farinha) de substituição do trigo para celíacos.


Composição Nutricional:

Composição/100g QUINUA
Calorias (kcal) 347,6
Carboidrato (g) 59,8
Proteína (g) 14,2
Gorduras (g) 5,7
Fibras (g) 5,1
Cálcio (mg) 66,6
Ferro (mg) 10,9
Fósforo (mg) 408,3
Magnésio (mg) 204,2
Potássio (mg) 1040,0
Zinco (mg) 7,5
Fenilalanina (mg) 4,0
Lisina (mg) 6,0
Metionina (mg) 2,3
Triptofano (mg) 0,9

Vitamina B1 - 30 mg
Vitamina B2 - 28 mg
Vitamina B3 - 7 mg
Vitamina C - 3 mg
Vitamina E - 4,1 mg

Receitas:

-TABULE DE QUINUA - 4 pessoas

2 xícaras de quinua cozida e fria
4 tomates sem sementes cortados em pedacinhos
1/2 xícara de salsa picada
1/4 xícara de folhas de hortelã picada
4 colheres de sopa de azeite de oliva
2 colheres de sopa de suco de limão Sal a gosto

Modo de preparo: Misturar todos os ingredientes e deixar na geladeira por 2 horas. Antes de Servir temperar com azeite e limão. Sal a gosto.


-SAINT PIERRE COM QUINUA LIMÃO E SÁLVIA

4 filés de peixe Saint Pierre limpos
sal e pimenta do reino a gosto
750 ml de água
300g de quinua
suco de 1 limão
15g de sálvia
120g de ervas finas
1 colher de sobremesa de azeite de oliva

Modo de preparo: Coloque a quinua na água e deixe cozinhar por 10 min, tire do fogo acrescente uma colher de sobremesa de azeite de oliva. Reserve. Tempere os files de peixe com sal, pimenta do reino, ervas e limão, deixe descansar por 20 min. Coloque os filés em uma frigideira anti aderente e grelhe. Arrume a quinua em baixo e coloque os peixes por cima, enfeite com sálvia.

http://www.quinuareal.com.br/valor.asp


Dica: Incluir a quinua no rodízio de cereais, substituindo o arroz em alguns dias da semana.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Celulite x Alimentação


A lipodistrofia ginóide, conhecida como celulite é basicamente uma inflamação celular associada a problemas circulatórios, promovendo assim alterações no tecido adiposo e cutâneo, os famosos "buraquinhos".

As causas são muitas, dentre elas: hormonal, alimentação desiquilibrada, alergias, intoxicação e problemas circulatórios.


Uma alimentação rica em produtos industrializados, sódio, açúcares simples, gorduras saturadas e trans influenciam diretamente no processo. Afinal são os principais causadores da inflamação.

Também é importante evitar o consumo de alimentos alergênicos. Os mais comuns são: Leite, soja, glúten, ovos, frutas cítricas e milho. Porém, isto é muito individual, o melhor é prestar atenção em tudo que é ingerido e quais os efeitos de cada alimento no seu organismo.

Ter um cuidado especial com a saúde intestinal, responsável por não acumular toxinas no organismo e pela absorção adequada de nutrientes.

Outras dicas para o tratamento e prevenção da celulite:

- Aumentar o consumo de alimentos antioxidantes(principalmente vitamina C, selênio, vitamina E);
-Ter uma boa hidratação;
-Melhorar a função hepática;
-Aumentar o consumo de alimentos fontes de ômega 3 (peixes e linhaça);
-Aumentar o consumo de alimentos fontes de silício (aveia, chá de cavalinha e cevada);
-Aumentar o consumo de antocianinas (encontrada principalmente nos alimentos de coloração roxa);
-Aumentar os alimentos ricos em potássio (água de coco, banana, linhaça, tomate);
-Diminuir o consumo de carboidratos refinados, açúcares e adoçantes.
-Diminuir o consumo de sódio/sal e de alimentos industrializados;
-Diminuir o consumo de gorduras trans e saturadas;
-Recomenda-se atividade física e drenagem linfática.



domingo, 22 de agosto de 2010

Compulsão por doces!!!


A vontade exagerada por doces é uma das compulsões alimentares mais comuns e uma das maiores dificuldades no processo de Reeducação Alimentar.

Os fatores desta compulsão são muitos e nem sempre isolados. Vou falar sobre alguns destes..

-Picos de insulina:

A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas que possui a função de realizar a entrada de glicose sanguínea nas células.

Quando ingerimos uma grande quantidade de carboidratos simples (ex: doces) ocorre uma produção e liberação elevada de insulina para corrente sanguínea, pois é necessário que toda esta glicose entre nas células para evitar algumas patologias.

Este pico de insulina faz com que grande parte da glicose vá para dentro das células e isto ocasiona uma queda brusca na corrente sanguínea, conhecida como hipoglicemia. O organismo com hipoglicemia faz com que a pessoa sinta vontade de comer carboidratos para que regularize a quantidade de glicose no sangue.

Por isso, quanto mais se come carboidratos, mais se quer comer!

-Resistência a insulina:

Na resistência, a glicose não consegue entrar na quantidade adequada nas células(parecendo que não há a ingestão de alimentos fonte de açúçar) e o organismo emite sinais para aumentarmos a ingestão de carboidratos.

-Candidíase:

O açúcar (glicose) e o leite (lactose) são os principais alimentos do fungo Candida albicans. A candida é um fungo muito espertinho..rss(ainda vou fazer um post só sobre ela) que faz com que a pessoa aumente a ingestão de carboidratos simples para que ela se mantenha viva. Sendo assim, indivíduos com candidíase sentem mais compulsão por doces.

-Serotonina:

A serotonina é o hormônio do humor. A diminuição deste hormônio está ligada a uma das causas de depressão.

A ingestão de carboidratos aumentaria a disponibilidade de triptofano (que é um dos componentes formadores deste hormônio) no cérebro. Os carboidratos simples promovem com mais facilidade a síntese de serotonina e assim, melhorando o humor.

Lembrando que, a falta de serotonina muitas vezes é devido a deficiências nutricionais (falta de magnésio e complexo B).

Não posso deixar de citar que os alimentos tem uma ligação emocional muito grande. Nos remetendo assim a lembranças e emoções com uma certa dificuldade de dissociá-las.

Algumas dicas úteis para o combate a essa compulsão:

-Se alimentar de 3 em 3 horas;

-Procurar ingerir carboidratos sempre acompanhados de fibras (para que não ocorra os picos de insulina);

-Comer alimentos ricos em triptofano(banana, peixes, leite, tâmaras), magnésio(gergelim, sementes de melão, castanhas, hortaliças) vitaminas do complexo B (principalmente B6, B12 e B9)(carnes, hortaliças e leite) e cromo (nozes, cereais integrais, levedo de cerveja) ou em alguns casos optar pela suplementação;

-Não utilizar adoçantes como aspartame para substituir o açúcar, pois ele diminui a biodisponibilidade de triptofano;

-Ter o intestino regulando adequadamente (pois a grande parte da serotonina é produzida nele);

-Substituir os doces por frutas maduras ou frutas secas(caso seu problema não esteja relacionado com a candidíase);

-Nos casos de candidíase a alternativa é a retirada do açúcar e leite por um período;

- Estipular a frequência semanal para a ingestão de doces (não ultrapassando o permitido). E sempre ingerir de preferência após as refeições com maiores quantidades de fibras e proteínas.

-O fitoterápico Garcínia tem tido bons resultados na diminuição da vontade excessiva por doces.

-Caso seja fator emocional, procure acompanhamento nutricional e psicológico.


quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Vitamina B12


Esta semana peguei os resultados de alguns exames que fiz, tudo dentro da normalidade mas um deles me chamou a atenção..

O resultado do exame de vitamina B12 foi muito baixo(normal de acordo com o padrão do laboratório, porém não para o funcional).

Na hora veio a pergunta: Como assim vitamina B12 de vegetariano restrito em uma pessoa carnívora assumida????

E comecei a analisar os possíveis motivos...

Como não tomo nenhum medicamento (principalmente antiácidos) descartei esta causa, também não tenho problemas gástricos (como gastrite, úlceras).. então por incrível que pareça era por falta de alimentos de origem animal.

Lembrei que há 1 ano e meio atrás, eu tive um problema na digestão de proteínas da carne e isso me causou um certo enjoo. Apartir dai já diminui muito o consumo...

Outro motivo é que nos últimos tempos tenho almoçado muito em restaurantes e como eu só aceito carne muito bem passada, costumo evitar.

Após descobrir a causa comecei a analisar os sinais e sintomas..

Apatia, insônia, irritabilidade, formigamento nas extremidades.

De acordo com meu hemograma não estou com anemia, porém vale alertar que a deficiência de vitamina B12 leva a anemia perniciosa ou megaloblástica.

Resolvi relatar no blog o meu caso para alertar os indivíduos com baixo consumo de alimentos de origem animal (mesmo não sendo vegetarianos). O exame de vitamina b12 sanguínea é acessível e vale a pena verificar no seu próximo exame de rotina.

As fontes de vitamina B12 são: Carnes (principalmente vermelha), leites e ovos.

Vegetarianos e pacientes com problemas gástricos ou que passaram por gastrectomia devem ter acompanhamento nutricional, onde será prescrito uma suplementação adequada.

A ingestão recomendada de vitamina B12 é de 2,4mcg por dia.

Ps: Além dos sinais e sintomas que apresentei também estão relacionados com a deficiência desta vitamina: Depressão, tonturas/vertigem, obstipação, fadiga, diminuição da memória e homocisteína aumentada.





sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Feijão com linhaça e sal de ervas


Ingredientes

•100g de feijão carioquinha*
•10g de cebola
•20g de tomate
•20g de abóbora
•2g de coentro
•2g de cebolinha
•10ml de óleo ou azeite – de preferência, extra-virgem, que é mais saudável e estável ao calor
•750ml de água
•1g de alho
•2 colheres (sobremesa) de farinha de linhaça
•2 colheres (chá) de sal de ervas
Dica: Se possível, priorize alimentos orgânicos.

Modo de Fazer

1.Primeiro, selecionar o feijão (de preferência, orgânico, que minimiza substâncias tóxicas comuns, infelizmente, em boa parte dos alimentos de origem vegetal) e adicionar quatro partes de água.
2.Cozinhar de dois a três minutos sob pressão.
3.Deixar em repouso na mesma água por uma hora (caso o indivíduo sofra de “gases”, sugere-se a eliminação da água e acréscimo de outra – mesmo que alguns nutrientes sejam perdidos, pois os mesmos podem ser compensados com o acréscimo de legumes na preparação, como a abóbora, bem comum no preparo regional do Nordeste, ou outros legumes, como cenoura ou chuchu).
4.Refogar com os temperos (tempero brasileiro: tomate, cebola, alho, coentro ou salsa e cebolinha).
5.O tempero é a gosto e pode ser feito como de costume.
6.Aconselha-se que, se for congelar parte do feijão, usar o mínimo de tomate (ou mesmo não utilizá-lo), pois, por ser ácido, esse fruto pode levar à mudança de características sensoriais se o congelamento não for feito de maneira correta – o alimento pode ficar mais ácido.
7.Acrescentar farinha de linhaça (previamente processada em liquidificador ou processador; o excesso pode ser armazenado sob refrigeração) e o sal de ervas (mistura previamente feita com partes iguais de: alecrim, manjericão, orégano – desidratados – e sal).
8.Finalmente, juntar o refogado ao feijão.
9.Voltar a cozinhar sob pressão por mais 30 minutos (o tempo varia de acordo com o tipo do feijão).
10.Está pronto para degustar! Em quantidades maiores, pode ser dividido em porções e congelado, sem perdas significativas de suas propriedades.

*Esta receita também pode ser feita com grão-de-bico ou soja. É interessante variar, especialmente para que o cardápio não fique monótono para as crianças.

Receita desenvolvida pela nutricionista Ana Vládia Moreira da UFRN
Fonte: http://globoreporter.globo.com/Globoreporter/0,19125,VGC0-2703-17982-3,00.html

Obs: Coloquei a receita original da Ana Vládia, está com a quantidade de sal direcionada para hipertensos (lógico que na verdade é o que todos deveriam ingerir..rss, nosso paladar está muito mal acostumado com o sal). Você poderá fazer as adaptações que achar necessária.

Ahhh Ana Vládia mora no nordeste, por isso o feijão é incrementado com Abóbora e coentro..rss

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Sal de Ervas


Receita do Sal de ervas:


Ingredientes:

-1 xic(café) de sal refinado

-1xic(café) de alecrim

-1 xic(café) de manjericão

-1 xic(café) de orégano


Misturar todos os ingredientes e guardar em recipiente fechado na geladeira.


Obs: Escolha as ervas de sua preferência.


O sal de ervas é uma ótima opção para hipertensos, pois realça o sabor da refeição com uma quantidade menor de sal refinado.


Ervas e Especiarias!!!


No outro post sobre ervas aromáticas eu falei sobre sabores, aromas e combinações. Hoje irei falar sobre a parte funcional dessas ervas e especiarias.

Gosto muito de fitoterapia e evito ao máximo medicamentos alopáticos. Estas ervas e especiarias utilizadas em chás e na própria alimentação atuam diretamente em algumas disfunções orgânicas.


Alguns exemplos com suas funcionalidades:

-Alecrim: Diurética, destoxificante, anti-inflamatória, antifúngica e espasmolítica sobre vesícula biliar e o intestino;

-Alfavaca: Diurética, digestiva e calmante;

-Alho: Antioxidante, imunoestimulante, antibiótica, hipotensora, hipocolesterolemiante, hipoglicemiante e anticarcinogênica;

-Canela: Destoxificante, analgésica, antifúngica e hipoglicemiante;

-Cebola: Antioxidante, hipotensora, hipocolesterolemiante e hepatoprotetora;

-Coentro: Digestiva, anti-inflamatória, antiaterogênica, sedativa e espasmolítica sobre a vesícula biliar e o intestino;

-Coentro(sementes): Digestivas, hipocolesterolemiante, hipoglicêmica, anti-inflamatória;

-Cominho: Antioxidante, antiflatulência e antibacteriana;

-Cravo da índia: Antimicrobiana, antioxidante, anti-inflamatória;

-Cúrcuma: Antibacteriana, antialérgica, antioxidante, anti-inflamatória, imunoestimulante e hipoglicemiante;

-Endro: Antibacteriana, antioxidante, anticarcinogênica;

-Erva doce: Digestiva, espasmolítica, expectorante;

-Gengibre: Digestiva, destoxificante, antioxidante, anti-inflamatória, antialérgica, expectorante, hormonal;

-Hortelã: Laxativa, digestiva, antiflatulência, hepatoprotetora, calmante, antimicrobiana e antioxidante;

-Louro: Digestiva e antiflatulência;

-Manjericão: Antioxidante e destoxificante;

-Orégano: Antifúngica, antioxidante, antiaterogênica, e antimicrobiana;

-Pimenta vermelha: Anti-inflamatória, hipocolesterolemiante, anticarcinogênica, e termogênica;

-Salsa: Antioxidante, diurética e hipotensora;

-Sálvia: Antiflatulência, anti-inflamatória, antimicrobiana;

-Tomilho: Antifúngica, anti-inflamatória e antiflatulência.


Dicas e observações:
-Algumas ervas e especiarias são abortivas, o uso da rande maioria é proibido para grávidas. Perguntar ao médico ou nutricionista antes de ingerí-las.

-Comprar estes condimentos em lojas especializadas.

-Uma boa utilização para hipertensos: Sal com ervas!!! Diminuindo a quantidade utilizada de sal e aumentando o sabor dos alimentos.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Batata Yacon


Esta batata cultivada pelos japoneses tem origem na região dos Andes e está fazendo sucesso entre os pacientes diabéticos.

Suculenta e com o sabor adocicado parecido com o da pêra, ela é consumida crua como uma fruta normal ou em saladas.

Dentre suas inúmeras propriedades destaca-se sua capacidade de auxiliar no controle da glicemia. Uma das possíveis explicações é que a batata Yacon armazena suas reservas na forma de frutooligassacarídeos (FOS e Inulina) e não na forma de amido.

A inulina apresenta um valor calórico menor que os outros carboidratos, pois grande parte dela não é digerida e sim fermentada como uma fibra solúvel.

Um estudo realizado por MAYTA et al. (2004), mostrou que a raiz fresca da Yacon diminuiu em 79,8% a resposta glicêmica em indivíduos saudáveis, evitando o pico da glicose pós prandial. Isso é interessante não só para os diabéticos, mas também para pacientes obesos com resistência a insulina.

Outro benefício dos frutooligossacarídeos presentes na Yacon é a proliferação de bactérias benéficas ao organismo, regularizando assim as funções intestinais e a microbiota.

O valor energético é considerado baixo, devido ao alto conteúdo de água, em torno de 83 a 90% do peso fresco.






500% de aumento no número de crianças com alergia alimentar!




"Internações hospitalares por alergias alimentares em crianças aumentaram 500% nos últimos 20 anos, mas os médicos não entendem o que está impulsionando o crescimento. A informação foi publicada no site do jornal britânico "The Independent" nesta terça-feira.

As reações aos alimentos podem ser graves, afetando a pele, os pulmões ou o intestino, e são reconhecidas como um problema pediátrico grande no Reino Unido e em outros países ocidentais. Em geral, entre 6% e 8% das crianças com menos de três anos são afetadas por alergias alimentares, um aumento acentuado desde 1990.

Especialistas dizem que mesmo estes números subestimam a incidência real da doença. Para melhorar o diagnóstico e o tratamento, o Instituto Nacional de Saúde e Excelência Clínica (Nice, na sigla em inglês) publicou um projeto de orientações que precisa de mais testes, mas alerta para os perigos de testes vendidos pelos praticantes de medicina alternativa.

Adam Fox, consultor alergista pediatra no Hospital St Thomas, em Londres, e membro do painel de Nice, disse que havia diversas teorias sobre o surgimento das alergias, mas elas ainda não funcionam na prática.

Entre as teorias, estavam casas que eram limpas com frequência, impedindo a exposição do sistema imunológico das crianças a insetos; falta de vitamina D; dietas mais pobres; aumento do uso de paracetamol; e atraso na introdução de alimentos sólidos.

"Todas essas teorias têm limitações - elas têm buracos. Existem provavelmente várias razões para o aumento da alergia - nenhuma teoria pode explicar tudo", disse Fox.

A alergia a alimentos aparece de duas formas. Existe a reação imediata, quando a resposta ao comer um amendoim deixa a respiração ofegante, por exemplo. Testes cutâneos e exames de sangue são a maneira padrão para descobrir o alimento causador.

Há também a reação retardada, quando o eczema de uma criança é agravado pelo consumo de leite de vaca. Uma dieta de exclusão, na qual o alimento suspeito é retirado por quatro a seis semanas e depois reintroduzido para ver se a reação é repetida, é o teste padrão, apesar de demorado."

Se hoje em dia já é tão comum alergia alimentar em adultos, imaginem em crianças que sempre foi! rss..
Por isso o aleitamento materno exclusivo até os 6 meses e a introdução dos alimentos corretos( evitando alimentos com alto poder alérgeno)é de grande importância para os pequeninos!

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/780792-em-20-anos-numero-de-criancas-com-alergias-alimentares-aumenta-500.shtml

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

sábado, 7 de agosto de 2010

Feliz dia dos Pais!!!


Eu já disse que o meu pai é o melhor do mundo???
Sim, ele é!
Meu orgulho, meu exemplo, meu amor, meu porto seguro...
Só tenho que agradecer à Deus por ter escolhido tão bem a pessoa para ocupar este papel na minha vida e pedir muita saúde e anos de vida para o meu super herói! =)

Ahhh e meu amor por nutrição começou com o fascínio dele por plantas e fitoterapia..rss

Então a todos os Papais..

Um lindo e abençoado dia dos Pais!


Uma música que ele adoraaaa..




"Existe um homem que se esmera no comprimento do dever para dar bom exemplo:

Que fica humilde, quando poderia se exaltar;

Que chora à distancia, a fim de não ser observado;

Que, com o coração dilacerado, se embrutece para se impor como um juiz inflexível;

Que, na ausência, usam-no como temor para evitar uma ação menos correta;

Que quase sempre, é chamado de desatualizado;

Que apenas fisicamente, passa o dia distante, na labuta, por um futuro melhor;

Que, ao fim da jornada, avidamente regressa ao lar para levar muito carinho e, as vezes, pouco receber,

Que esta sempre pronto a ofertar uma palavra orientadora ou relatar uma atitude benfazeja que possa ser imitada;

Que, muitas vezes passa noites mal dormidas a decifrar os segredos da vida, quando extenuado, ainda consegue energias para distribuir energias;

Que é tão humano e sensível, por isso, normalmente, sente a ausência do afeto que lhe é dado raramente e de forma pouco comunicativa.

Que, vibra, se emociona e se orgulha pelos feitos daqueles que tanto ama.

Esse homem geralmente, se agiganta e passa a ser o valor inexorável quando deixa de existir para sempre.

Nunca perca, pois, a oportunidade de devotar muito carinho e amizade àquele que é seu melhor amigo: SEU PAI."

( Marco Antonio Struve)

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Hepatite E detectado em paciente brasileiro


"O Instituto Oswaldo Cruz, da Fiocruz, conseguiu detectar pela primeira vez a presença do vírus da hepatite E em um paciente brasileiro.

Até então, a confirmação da doença era feita pela testagem da presença de anticorpos específicos contra ela - de 1999 a 2009, foram 810 testes sorológicos positivos no país, segundo o governo.

Além de dar mais segurança ao diagnóstico, a novidade permitiu comparar o sequenciamento genético do vírus encontrado no paciente com aquele encontrado em suínos criados no Brasil.

A semelhança reforçou a suspeita de pesquisadores de que a transmissão no país esteja ligada ao consumo de carne de porco mal passada.

"Quando comparamos [geneticamente] as amostras do paciente e do animal, vimos que são relacionadas", diz a pesquisadora Débora Regina Lopes dos Santos. Ela é uma das responsáveis pelo estudo, publicado no "Journal of Clinical Virology".

Na Ásia e na África, regiões em que a hepatite E é endêmica, o contágio se dá através de consumo de água e alimentos contaminados com fezes -mesma forma de transmissão da hepatite A.

Já no caso das hepatites B, C e D, a transmissão ocorre pelo contato com sangue e outros fluidos corporais de pacientes infectados.

Com tantas possibilidades, alguns episódios da doença acabam não tendo suas causas reveladas.

Foi sobre esses casos que Santos se debruçou. Foram analisadas 64 amostras de pessoas que tinham tido
hepatite aguda de origem indefinida entre 2004 e 2008.

Em uma dessas amostras, os exames sorológicos e moleculares detectaram o vírus.

O paciente em questão era um morador do Rio que teve a doença em 2006.

Os pesquisadores partiram então para a comparação com vírus que já tinham sido encontrados em suínos criados no Estado, seguindo a linha de estudos internacionais que já traçaram essa relação. Os resultados confirmaram a possibilidade.

"Mas, para ter certeza, só se pudesse analisar a carne que ele comeu", diz Santos.

Apesar de não ter essa confirmação, a pesquisadora aconselha a população a cozinhar bem a carne, recomendação válida para evitar também outras doenças.

O Ministério da Saúde disse que a detecção do vírus não altera a política de enfrentamento da doença. "O ministério já desenvolve ações para a hepatite A, que são eficientes contra a hepatite E", afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa."

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/776303-virus-da-hepatite-e-e-detectado-pela-primeira-vez-no-pais.shtml

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

O Laço e o Abraço





Meu Deus! Como é engraçado!

Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço... uma fita dando voltas.
Enrosca-se, mas não se embola, vira, revira, circula e pronto: está dado o
laço. É assim que é o abraço: coração com coração, tudo isso cercado de
braço. É assim que é o laço: um abraço no presente, no cabelo, no vestido,
em qualquer coisa onde o faço.

E quando puxo uma ponta, o que é que acontece? Vai escorregando...
devagarzinho, desmancha, desfaz o abraço.

Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido.

E, na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço.

Ah! Então, é assim o amor, a amizade.

Tudo que é sentimento. Como um pedaço de fita.
Enrosca, segura um pouquinho, mas pode se desfazer a qualquer hora,
deixando livre as duas bandas do laço. Por isso é que se diz: laço
afetivo, laço de amizade.

E quando alguém briga, então se diz: romperam-se os laços.
E saem as duas partes, igual meus pedaços de fita, sem perder nenhum
pedaço.
Então o amor e a amizade são isso...

Não prendem, não escravizam, não apertam, não sufocam.

Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço!

(Mário Quintana)

Celíacos e Comunhão!



Procurando receitas sem glúten e sem lactose encontrei esta matéria que esclarece uma dúvida minha e que pode ser de muitos também.
Eu não sou celíaca, mas tenho uma certa hipersensibilidade ao glúten e por isso em alguns períodos faço restrição dele na minha dieta. Sou católica e diversas vezes que estava no período "sem glúten" deixei de participar da comunhão por não poder receber o pão.

"Os fiéis escutam, atentos, o padre dizer: “Tomai, todos, e comei: isto é o meu Corpo (...) Tomai, todos, e bebei: este é o cálice do meu Sangue (...). Fazei isto em memória de Mim”. Católicos praticantes conhecem bem essas falas e costumam fazer fila para receber a hóstia no ritual da Eucaristia. São as palavras de Jesus na Última Ceia, quando compartilhou o pão e o vinho com os apóstolos antes de ser entregue por Judas às autoridades. Para os cristãos, ao comer a hóstia, ou comungar, eles ingerem o corpo de Cristo levado à Cruz. É uma forma de purificação e perdão pelos pecados terrenos.

Há mais de dois mil anos esse ritual se cumpre na Igreja Católica, mas será que todos os fiéis podem receber a comunhão? A hóstia é feita de trigo, que contém glúten, uma substância que para muitas pessoas pode ser prejudicial à saude. Ângela Pereira de Abreu Diniz, Presidente da ACELBRA-MG (Associação dos Celíacos do Brasil – Seção Minas Gerais), grupo que auxilia portadores da doença celíaca, uma intolerância permanente ao glúten, explica que os celíacos costumam ter reações adversas quando ingerem alimentos que o contêm. “Pouco tempo após sua ingestão, o glúten já pode causar danos ao organismo em pessoas geneticamente predispostas, resultando em uma série de problemas, desde aftas até lesões no intestino delgado, anemia e, a longo prazo, tumores de intestino, se não tratadas adequadamente”, diz ela.

Pelo Código de Direito Canônico da Igreja Católica, toda hóstia deve conter trigo e todo vinho usado nas missas pelos padres deve ser feito de uva. Em atenção aos celíacos, a Igreja Católica fez circular entre os Presidentes das Conferências Episcopais uma carta, datada de 19 de junho de 1995 e assinada pelo então Cardeal Joseph Ratzinger, hoje Papa Bento XVI, sobre o uso do pão com pouca quantidade de glúten como matéria de Eucaristia. Nessa carta, o Vaticano determina que as hóstias precisam ter uma quantidade mínima de glúten, considerando inválidas aquelas fabricadas sem esse ingrediente. No entanto, “para os celíacos, qualquer quantidade de glúten pode ocasionar danos à saúde. Os sintomas podem variar e os celíacos mais sensíveis podem desenvolver reações mais rapidamente após a ingestão da hóstia”, explica a Presidente da ACELBRA-MG. “Isto é de especial importância para os sacerdotes, freiras e missionários, já que comungam com mais frequência”, acrescenta.

A opção para os católicos celíacos aparece na própria carta, que afirma ser possível receber somente o vinho ou o mosto para comungar. O mosto (entendido na carta como suco de uva fresco ou conservado sem fermentação, por congelamento ou outro método que não altere sua natureza) pode ser consumido também por sacerdotes ou fiéis com problemas de alcoolismo, como explica Ratzinger. Tanto para comungar com hóstia especial como com suco de uva é preciso apresentar um atestado médico ao pároco da igreja que a pessoa freqüenta.

O mosto, no entanto, é definido pelo Dicionário Aurélio, um dos mais usados na Língua Portuguesa, como o sumo da uva antes de terminada a fermentação. Nesse caso, sempre haveria alguma fermentação e “algumas famílias optam por não aceitar que a criança ou o adolescente receba a comunhão na espécie vinho”, diz Ângela Diniz, lembrando que a Legislação Brasileira não permite o consumo de álcool antes dos 18 anos de idade.

Uma questão levantada pela psicóloga Aline Ribeiro Mayrink Maia, especializada em Psicologia Clínica, é que os celíacos, por vezes, se sentem constrangidos com sua condição. “Algumas pessoas relatam dificuldades de inserção em ambientes de escola, igreja e trabalho em função do peso do rótulo de uma doença crônica pouco conhecida, que requer um comportamento específico de restrições alimentares”, afirma a psicóloga. Aline trabalha oferecendo suporte psicológico a celíacos e familiares da ACELBRA-MG, ajudando pessoas a lidar com os impactos trazidos pela doença celíaca.

Ângela explica que no caso de um celíaco comungar com vinho, deve-se tomar todos os cuidados para que não haja contaminação por traços de glúten no seu cálice. Conversar sobre o assunto com o pároco da localidade, com antecedência, pode ajudar.

“Aceitar a doença nem sempre é fácil. É preciso mudar hábitos alimentares, mas também há adaptações sociais, emocionais, religiosas e culturais a serem feitas”, explica Aline. “A religião é uma cultura enraizada de crenças e valores. Para algumas pessoas, deixar de comungar constitui verdadeiro sofrimento. Acontece aí um impasse entre religião e ciência, uma vez que o tratamento da doença celíaca consiste na dieta totalmente isenta de glúten”."

Fonte: http://www.vidasemglutenealergias.com/comungando-sem-gluten/641/

Bom, aos seguidores celíacos e católicos espero que tenham um padre camarada igual o da paróquia que frequento! =)

Massa sem glúten e sem leite para Panquecas!


Ahhh vá, até eu consigo fazer..hahahahahaha

Ingredientes

•1 ovo
•60grs de amido de milho
•250ml de leite de soja (1 copo)

Preparo

Bater o ovo a mão, colocar o amido de milho e misturar um pouco. Colocar aos poucos o leite misturando até que o amido esteja totalmente dissolvido.

Esquentar uma frigideira, colocar algumas gotas de óleo, passar levemente um guardanapo de papel toalha. Despejar com uma concha a massa da panqueca, virando a frigideira para que fique bem redonda.

Dourar dos dois lados.

Esse procedimento deve ser feito com cada panqueca.

Rechear com carne moída, palmito, espinafre ou legumes refogados.

Rendimento -10 panquecas de 17cm de diâmetro

Fonte: http://www.vidasemglutenealergias.com/panquecas-sem-gluten-e-sem-leite/1364/


Dica: Para os dias de TPM com vontades absurdas por um docinho.. fazer o recheio com banana e canela (sem açúcarrrrrr)!! hummmmmmmmmmmm...

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Gordura no Fígado: dicas para reverter este quadro!



O acúmulo de gordura no fígado(esteatose hepática) não é uma doença, é uma alteração das células hepáticas normalmente reversível.
Atualmente a causa mais comum é a obesidade. Indivíduos com uma alimentação errônea com ingestão excessiva de gorduras e açúcares.

Quando percebemos alterações nos exames laboratoriais relacionados ao fígado(TGO, TGP, Fosfatase Alcalina e Gama GT) encaminhamos para o médico e a confirmação virá através de exames de imagem (ecografia, tomografia, ressonância).
Os sintomas são: desconforto abdominal, dor e aumento do órgão.

Normalmente, o tipo de gordura acumulada no fígado são os triglicerídeos. Indivíduos com taxas de triglicérides aumentadas por longos períodos são proprícios a desenvolverem o acúmulo de gordura.

Fígado gorduroso por muito tempo, pode ocasionar danos celulares e assim, a inflamação do órgão. Este quadro é chamado de esteato-hepatite ou hepatite gordurosa. Se não tratado, pode evoluir para cirrose.


O fígado gorduroso é maior e com uma coloração amarelada, como mostra figura acima

A Gordura no fígado também pode ocorrer em pacientes diabéticos e alcoólatras.

Para reverter este processo é recomendado:

- Reduzir o IMC(Indíce de Massa Corpórea);
-Reduzir o consumo de frituras, açúcar simples, fast foods
-Aumentar o consumo de fontes de ômega 3 e todos os alimentos antiinflamatórios;
-Aumentar o consumo de frutas e hortaliças;
-Não ingerir bebidas alcoólicas;
- Fazer exames periódicos;
-Praticar atividade física;
-Procurar um nutricionista para dieta individualizada

Dica: Assistir o filme Super Size Me! =)

domingo, 1 de agosto de 2010

Caralluma fimbriata


Olá pessoal, essa semana me perguntaram sobre o fitoterápico Caralluma fimbriata. Eu não costumo prescrever Caralluma, então não observei os efeitos exatos dela.

A Caralluma fimbriata é um cactus originado da Índia, suculento e comestível. Tem sido utilizada para diminuição de apetite e promover saciedade, assim ajudando no processo de emagrecimento.
Indivíduos das tribos da Índia mastigam os talos de Caralluma fimbriata para suprimir o apetite em dias de caça.

Já li algo sobre este cactus ter ação na inibição de algumas enzimas, dificultando o armazenamento de gorduras. Mas nada muito comprovado ainda.

Prefiro aguardar mais estudos e comprovações!!!

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Ervas: Sabores e Combinações


Um dos segredos da boa gastronomia é realçar o sabor dos alimentos e dar evidência para o seu aroma antes mesmo de agradar o paladar. Neste processo a utilização das ervas aromáticas são indispensáveis.

Sabores e Combinações

-Alecrim
Sabor: Picante, oleoso, aromático.
Combina com: Carneiro, Frango, Porco, Pães, Batatas

-Cebolinha
Sabor: Suave, sabor de cebola
Combina Com: Peixes, ovos, salada, queijos, sopas cremosas, batatas

-Coentro
Sabor: Muito aromático, sabor forte
Combina com: Pratos asiáticos, do Oriente Médio, mexicanos, cenouras, saladas

-Endro
Sabor: Delicado
Combina com: Salmão, vitela, cenouras, pepino, maionese, batatas

-Erva doce
Sabor: Semelhante ao anis
Combina com: Sopas de peixe, porco, frutos do mar, ovos

-Estragão
Sabor: Aromático, refescante
Combina com: Frangos, tomates, ovos, béarnaise

-Hortelã
Sabor: Forte, adstringente,aromático
Combina com: Pepino, batatas, ervilhas, queijos, melão, abacaxi, sopas frias, carneiro, iogurte

-Louro
Sabor: Aromático, picante
Combina com: Sopas, caldos, cozidos, molhos

-Manjericão
Sabor: Adocicado, suave, aromático
Combina com: Peixes brancos, vitela, galinha, frutos do mar, salada verde, ovos, tomates, pesto, molhos de massas

-Manjerona
Sabor: Doce, picante
Combina com: Carnes grelhadas, frango, molho de tomate, ovos, queijos, marinadas, óleos temperados

-Salsa
Sabor: Fresca, suave
Combina com: ovos, peixes, sopas, pães, batatas

-Sálvia
Sabor: Aromática, um pouco amarga
Combina com: Porco, vitela, pato, ganso, peru, frango,ovos, ricota, risotos, massas

-Tomilho
Sabor: Aromático
Combina com: Aves, carnes assadas, batatas assadas

Fonte: Le Cordon Bleu, Todas as Técnicas Culinárias, Editora Marco Zero


Dica: Podem-se cultivar ervas aromáticas num pequeno canteiro ou mesmo em vasos ou floreiras. Compre sementes daquilo que pretender cultivar e semeie em linhas de cerca de 1,5 cm de profundidade e espaços de 25 cm.

Organizando a geladeira!



O primeiro passo é a limpeza dos compartimentos da geladeira, que deve ser feito com uma mistura de água e bicarbonato. Para retirar um possível mau cheiro, utilizar limão cortado dentro de um pratinho para evitar manchas ou essência de baunilha.

A disposição dos alimentos na geladeira é importante, pois os alimentos necessitam de temperaturas diferentes.

Na gaveta superior deverão ser guardados alimentos congelados em porções de uso diário, dando prioridade para as carnes da semana.

Na primeira prateleira armazenar ovos (de preferência em recipientes fechados), queijos e frios, iogurtes, leite, margarinas, requeijão.

Nas prateleiras intermediárias alimentos já preparados (sopas, feijão, arroz, bolos, tortas, etc).

Na gaveta inferior armazenar frutas e hortaliças.

Na porta armazenar bebidas, geléias, vinagre e vidros de conservas.

Obs:
-Após abrir os enlatados deve-se retirar todo o alimento e transferir para outro recipiente de vidro com tampa.
-Lave as embalagens antes de armazenar na geladeira.
-Posicione os alimentos de maneira que ocorra a circulação de ar.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Leite: conhecendo o outro lado da moeda II

Continuando sobre leite e seus derivados...

O leite de vaca possui algumas proteínas que não são digerídas por nenhum ser humano, e com isso causando diversas reações.
Estudos mostram que o leite aumenta os níveis de insulina sanguínea, com o consumo no decorrer do dia e com vários picos insulinêmicos tendo assim associação com algumas doenças crônicas como doenças cardiovasculares, diabetes, câncer, sindrome do ovário policístico, entre outras.

Um dos principais argumentos para utilização do leite é que é fonte de cálcio que é necessário para os ossos, prevenindo osteoporose, por exemplo, entretanto, estudos populacionais mostram que os países que mais consomem laticínios são os que mais apresentam osteoporose, o que indica que este argumento pode não ser tão real, provavelmente por ser um alimento rico em proteína animal que acidifica o sangue, o que faz ter uma maior excreção dos minerais, inclusive o cálcio. Então, apesar de estudos de períodos mais curtos mostrarem benefício na densidade óssea, isto não é verdade quando é analisado os estudos populacionais.

Além disso, sabemos que para combater a osteoporose de nada adianta ter apenas o cálcio, para este processo é necessário mais de 25 micronutrientes. O risco da ingestão excessiva de cálcio com deficiência dos outros nutrientes é o de calcificação de outros órgãos como: calcificação do tubo auditivo (ocasionando zumbido no ouvido), calcificação das artérias, calcificação mamária e litíase renal (as famosas "pedras nos rins").
O leite também está envolvido em doenças como: sinusite, rinites, amigdalites, bronquites e candidíase de repetição.

Por sabermos destes achados é possível perceber que os laticínios não deveriam ser consumidos tão frequentemente, afinal, uma das bases da nutrição é a variedade, logo, nenhum alimento deveria ser consumido diariamente, sem rodízio, muito menos várias vezes ao dia. Este é um dos princípios da Nutrição mesmo tradicional, porém esta lei da Nutrição muitas vezes é esquecida.

A seguir um vídeo sobre este tema, pela nutricionista Denise Carreiro..vale a pena!


domingo, 25 de julho de 2010

Leite: conhecendo o outro lado da moeda!


Leite de vaca é pra bezerrooooooooo!!! Meu pai sempre torce o nariz quando eu digo esta frase..rss (ele e todos os outros pecuaristas existentes..hehehe), mas eu continuo repetindo e no fundo eu sei que ele me escuta..rss.

Hoje vou falar sobre leite e provavelmente terão alguns outros posts sequentes, pois é um assunto bem vasto. O lado bonzinho do leite acredito que todos já conhecem, mas e o lado vilão???

Que o leite de vaca é um dos alimentos mais consumidos isto nós sabemos, mas e que uma grande parte da população possui intolerância à lactose?
Eu particularmente não gosto muito do sabor e depois que comecei a estudar sobre ele e descobri que provavelmente ele foi a causa de várias crises de amigdalites na infância passei a gostar menos ainda.

Vamos entender a diferença de intolerância à lactose e alergia à proteína do leite.

"No caso da alergia, o sistema imunológico reage às proteínas presentes no leite de vaca, ou seja, o organismo pensa que essa proteína é um corpo estranho que precisa ser combatido e produz anticorpos que irão reagir à presença dessas proteínas, desencadeando reações alérgicas, tais como: diarreia, edema de glote, urticária e febre.
No caso da intolerância ao leite, ocorre uma impossibilidade do organismo de digerir a lactose devido à deficiência ou da falta da enzima lactase, que serve para digerir a lactose, ocasionando diversos sintomas, onde a diarreia é um dos mais comuns nesse tipo de caso.

O que tem acontecido na maioria das vezes é que muitas mães têm introduzido leite de vaca na alimentação de seus filhos de forma precoce, o que pode ocasionar complicações futuras, pois os mesmos ainda não apresentam o organismo totalmente formado para receber esse tipo de alimento.

De acordo com a SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria) a intolerância pode acontecer a qualquer momento, desde a infância, podendo se agravar na vida adulta. No caso da alergia, depende de uma predisposição genética ou hereditária, ou mesmo ambiental."

Ao contrário do que muitas mães fazem eu não recomendo a introdução de leite de vaca antes de 1 ano de idade, devido a sua alta alergenicidade.
Criança precisa de leite materno (este sim foi feito para humanos), afinal não somos bezerros! Por falar nisso, não costumo ver bezerros após alguns meses de vida tomando o leite de outro mamífero.
Já para adultos que não apresentem alergia ou intolerância, recomendo um consumo moderado e rodízio com os outros substitutos do leite.

Não sou radical e acredito que na nutrição nada deve ser, mas proponho sempre uma redução na quantidade ingerida por adultos. Afinal alimentação adequada e exageros não combinam.

A conduta é de acordo com cada caso. Normalmente para intolerantes retira-se leite e derivados por um período e volta aos poucos e em dias espaçados para verificar a tolerância. Na alergia retira-se o leite e derivados e podemos tentar introduzir substitutos como leite de arroz, leite hidrolisado(as proteínas são pré digeridas facilitando a utilização pelo organismo) ou o hipoalergênico (que mesmo assim pode causar reação).

O ideal ao perceber qualquer distúrbio gastrointestinal é procurar um gastroenterologista juntamente com um nutricionista para o diagnóstico e dieta correta para seu caso específico.
Adaptado de: http://www.vponline.com.br/blog/?p=107

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Comprando um bom azeite..



A primeira coisa a se olhar como todo e qualquer alimento são os rótulos.

Ao escolher um azeite o correto é ver se ele realmente é azeite extra virgem e se no rótulo não consta mistura de outros óleos vegetais.

Outro ponto importante é verificar sua acidez. A acidez do extra virgem estará abaixo de 0,8%.

Ao comprar um azeite extra virgem engarrafado, dê preferência para os de vidro âmbar(escuro), pois dificulta a incidência de luz, assim diminuindo a oxidação do mesmo.

Aqueles bicos dosadores também deverão ser evitados para que não ocorra oxidação.

Deve-se armazenar em lucar fresco e arejado, longe de luz e calor.

Seu aroma não deve indicar a presença de ranso. O sabor e aroma variam devido aos diversos tipos de azeitonas(normalmente os mais esverdeados são mais picantes).

Lembrando que o ideal é consumir o azeite crú, dependendo da temperatura de aquecimento as propriedades benéficas(vitaminas e ácidos graxos essenciais) e organolépticas (aroma e sabor) terão perdas significativas.


Dica: Acrescentar no almoço e jantar 1 col (sopa) diretamente no prato.






Biomassa da Banana Verde


A banana verde cozida é considerada um alimento funcional, por ser uma ótima fonte de amido resistente.
O benefício do amido resistente é similar ao da fibra alimentar, porém o principal papel é a fermentação no intestino grosso originando fonte de energia para bactérias benéficas e manter a integridade da mucosa intestinal. Desta forma o seu consumo auxilia na melhora da obstipação ou diarréia e na prevenção de doenças como: câncer de intestino e colites.

Além de contribuir para a saúde intestinal, estudos apontam outros benefícios como: controle da diabetes e redução de colesterol.


Receita da Biomassa de Banana Verde:

-Lave as bananas verdes com casca.
-Numa panela de pressão com água fervente cozinhe as bananas verdes com casca, cobertas com água, por 20 minutos.
-Desligue o fogo após os primeiros 8 minutos e deixe que a pressão continue cozinhando as bananas.
-Espere o vapor escapar naturalmente. Ao término do cozimento, mantenha as bananas na água
quente da panela.
-Vá aos poucos tirando as cascas da polpa, que deve ser passada imediatamente no processador.
-É importante que a polpa esteja bem quente para não esfarinhar.
-Processe até obter uma pasta bem espessa.
-Se não for utilizar imediatamente, guarde a polpa em uma embalagem de vidro ou em formas de gelo sem ranhuras(porém com permanência de no máximo 8 dias). Pode ser guardada por 3 a 4 meses no congelador.

(Fonte: Livro: Yes, Nós Temos Banana)

Como sempre a recomendação é individual, mas normalmente a utilização é: 1 colher de sopa 2 vezes ao dia (adicionada em sucos ou nas refeições).


Suco com Biomassa:
- Suco de 1 laranja
- 1 folha de couve
- 100 ml de suco de uva
- 1 colher de sopa de linhaça
- 1 colher de sopa da biomassa de banana verde
Bata os ingredientes no liquidificador e consuma este suco energético no café da manhã.

(Fonte: VP Consultoria Nutricional)

terça-feira, 13 de julho de 2010

Parabéns Serenaaaaaaa!!!


Sabe aquela pessoa que te faz bem pelo simples fato de existir?

Aquela pessoa que quando vc quer chorar ou gargalhar faz parte do topo da sua lista?
Aquela que a sintonia é tão grande que palavras são meros detalhes..
Aquela que divide com vc até as coisas mais bobas do dia?
Aquela que mesmo longe ta sempre perto?


Pois é, Deus me deu a felicidade de escolher alguns irmãos aqui na terra e hj é o aniversário da que eu elegi além de amiga irmã, minha gêmea!
Sim, somos gêmeas!


Quem conhece a Ana sabe da pessoa fantástica que ela é.. sim, uma pessoa iluminada que traz alegria para todos que estão a sua volta.
E eu só posso te desejar o mesmo que peço para mim...
Muita saúde, gargalhadas, paz e muito amor!


Feliz Aniversário, Serena!
Que Deus te ilumine e te guarde sempre, minha amiga!
(estou até me sentindo mais velha tbm..hahahahaha)



Te Amo!!!


Musiquinha pra vc...



sexta-feira, 9 de julho de 2010

João e Maria - Chico Buarque

Boa noite,

postando uma música bonitinha..rss
Sem muito ânimo para escrever por causa do resfriado, mas já estou melhorando! =)


"..E pela minha lei, a gente era obrigado a ser feliz.."





terça-feira, 6 de julho de 2010

Peixes x Ômega 3



Boa noiteeeeeeeeeee,


Hj pretendia postar um vídeo sobre probióticos que achei super fofooooooo.. até consegui o vídeo, mas me sabotaram na hora da postagem aqui(erro toda hora)..hahahahaha..outro dia eu tento!


Resolvi falar sobre peixes então..


Hj conversando com uma colega ela me fala que seu médico teria recomendado peixes em quase todas as refeições semanais e com isto ela estaria passando por uma adaptação na alimentação.

Bom, já achei meio estranho de cara, né? rss.. mas fui lá perguntar o motivo dessa "dieta". Ela me respondeu o previsível, que era para redução de triglicerídeos...


Pensei e sugeri algumas coisas..


No Brasil é muito divulgado que comer peixe sempre faz bem e quando se fala em ômega 3 já se pensa logo no belo salmão e atum. hehehe.. (ilusão..rss)

Agora eu pergunto quem aqui se lembra o preço que era o salmão alguns anos atras???? Bem carinho né? Tanto que era até díficil encontrar em supermercados comuns..

Hoje em dia salmão é festa..hahahaha, em qualquer restaurante (até os mais baratos) o salmão está presente no cardápio, sem falar na facilidade que é para encontrar em supermercados..


Pois bem, por que será?

Simples, porque o bom salmão de águas frias e profundas da Noruega alimentados por fitoplanctons e pequenos peixes (o verdadeiro e 10 vezes mais caro) virou lenda. O que encontramos com toda esta facilidade são espécies criadas em cativeiro (alimentados por rações) provenientes do Chile..rss

Níveis de ômega 3? Humm..bem parecidos com peixes comuns.


Estava assistindo uma reportagem da pro teste hoje sobre testes em atum enlatado.. resultado: algumas marcas estavam vendendo o peixe Bonito como se fosse Atum!


Dai me vem a pergunta, será que esta recomendação exagerada de peixes irá realmente ter o efeito desejado sobre os triglicerídeos???


Acredito que não!


Ahhh e tem mais um problema, existe nos peixes uma alta contaminação por mercúrio. Será que um fígado intoxicado com metais pesados terá uma grande melhora em um quadro de esteatose hepática?


Hummm.. muitooooooooo provavelmente não!


Então o que fazer?

Bom, cada caso é um caso..rss


Mas para obter ômega 3 dos peixes dou preferência para a Sardinha. Primeiro porque é um peixe muito comum no país e um dos mais baratos. Além disso, por ser de um tamanho menor a contaminação por mercúrio é consequentemente menor.

Incluindo na alimentação juntamente com linhaça já começamos a melhorar os níveis de triglicerídeos e se for necessário porque não utilizar suplementação (cápsulas) de óleo de peixe livre de mercúrio?

Uma das suplementação que mais vejo resultado positivo e não é tão cara.


Em casos assim, procure um nutricionista! ;)



segunda-feira, 5 de julho de 2010

Nutrição e Estética


Olá, ontem nem apareci por aqui, né? rss.. domingo preguicento e com amigdalite( isso Patrícia, toma mais leite..grrrr ), mas hoje vou falar sobre um tema que a mulherada adoraaaaaaaa!!! hahaahahahaha..

Todos nós já estamos cansados de saber que os alimentos possuem ligação direta com a estética, existe até aquela velha frase "Você é aquilo que você come"... realmente, não tem um alimento apenas para cada problema e sim um conjunto deles! Uma alimentação equilibrada juntamente com exercícios físicos resolvem um bom 'bocado' deles..rss

Vamos para as dicas..

ACNES

Primeiro vou falar sobre a localização destas e os possíveis motivos (relacionados a alimentação)..
Na testa: Provavelmente por problemas intestinais (disbiose, obstipação).
Na bochecha: Provavelmente por problemas no fígado(intoxicação, acumulo de gordura)
No Queixo/ pescoço/ Costas: Provavelmente por problemas hormonais(desregulação hormonal, TPM).

Normalmente no tratamento eu retiro ou pelo menos dou uma diminuída em leite e derivados(estudos mostram a relação entre leite e aumento de acne).

Além de adequar a alimentação, costumo incluir alguns alimentos com ação antiinflamatória e bactericida:

-Alfafa (brotos)- Ação Antifúngica e antiinflamatória.
-Alimentos fonte de zinco (sardinha, carne vermelha, frutos do mar, brotos) -Antiinflamatório/ bactericida
-Ômega 3- reduz o excesso de oleosidade da pele/ Antiinflamatório ( Linhaça e peixes)
-Aloe Vera.

OLHEIRAS

Muito relacionado a hipersensibilidade ao glúten! Retirar se necessário.
Utilizar Alimentos antiinflamórios (Ômega 3, alimentos ricos em vitamina C e zinco)

ESTRIAS

Grande relação com a própria genética!
O famoso óleo de amêndoas não penetra na pele, apenas forma um filme protetor contra uma possível desidratação!
O melhor a fazer é tomar muitaaaaaaa água!!!
Mas não custa nada fornecer os precursores do colágeno para o nosso organismo..rss (os mais importantes são: proteínas, silício e vitamina C).

CELULITE

Pode estar relacionado também com a genética do indivíduo.
Celulite é uma inflamação então deve-se utilizar..

Todos os alimentos antiinflamatórios e diminuir os alergênicos.

Chá de dente de leão- Diurético.
Chá de unha de gato: Antiinflamatório.
Chá verde- Antiinflamatório.
Açafrão, alecrim - antiinflamatório.
Alimentos fonte de silício ( Aveia, salsa, nabo, feijão, banana, cavalinha)
Alimentos fonte de boro (Folhosos verde escuros, rabanete, frutos do mar)
Alimentos fonte de enxofre( Folhosos verde escuros, peixes e grãos)
Linhaça- rico em ômega 3

Associar dieta com drenagem linfática. ;)


sábado, 3 de julho de 2010

Festas Infantis


Infância, fase onde se cria os hábitos de toda uma vida e merece uma atenção enorme.
Fazer aniversário quando somos criança é uma sensação mágica, né? Lembro até hj que eu esperava o ano inteirinho por este dia..hehehe
Mas quem disse que não dá para fazer uma festinha nutricionalmente adequada?
Gostei dessa máteria com receitinhas e vou compartilhar aqui para as mamães..rss

"Toda mãe quer o melhor para seu filho. Toda mãe também quer agradar e ver seu filho feliz. No entanto, na hora de comer e principalmente nos dias de festas infantis, estas duas afirmações não combinam. Para garantir a alegria dos convidados, acabamos sucumbindo às tentações dos salgadinhos fritos, cachorro-quente, doces (muito doces) e, claro, refrigerante.


Mas quem disse que precisa ser assim? As crianças são mais abertas às novidades do que pensamos. Nossa missão é não nos acomodar e oferecer continuamente o que é saudável, dar o exemplo comendo o que é bom e caprichar no visual dos pratos para torná-los mais atrativos. E isso pode ser fácil! Já reparou como a feira é colorida? As frutas, legumes e hortaliças são uma festa por si só!


Reuni algumas dicas de como deixar a festinha das crianças mais saudáveis, com receitas com pouco ou nenhum açúcar, mas sem perder o charme! Você pode usar alguma dessas dicas ou todas na sua próxima comemoração. Com amor e um pouquinho de ousadia você pode surpreender a todos com sua criatividade. Saúde!


Gelatina de copinho

Use como base um suco feito em casa ou suco de uva de garrafa sem açúcar ou conservantes. Aqueça o líquido e misture (siga as medidas da embalagem) à gelatina sem sabor ou à gelatina de algas marinhas chamada àgar-àgar (muito nutritiva). Dissolva muito bem e deixe esfriar. Você pode acrescentar frutas picadinhas antes de distribuir nos copinhos e levar à geladeira. Ficam lindas!


Espetinho de frutas

Capriche na variedade das frutas e na disposição das cores. Você pode seguir a seguinte sequência: roxo, vermelho, laranja, amarelo, branco, verde claro e verde escuro. Basta usar uma uva roxa, um morango, um pedacinho de manga, uma fatia "estrelinha" de carambola, uma rodela de banana, uma uva verde sem caroço e uma fatia de Kiwi. Espete tudo no palito de churrasco. Vira um arco-íris!


Docinhos "vivos"

Que tal preparar "falsos cajuzinhos"? Deixe de molho separadamente por oito horas castanhas do pará e a mesma medida de figos secos. Moa os figos e as castanhas no liquidificador ou processador. Modele a massa na forma de um cajuzinho e coloque na forminha de papel. Enfeite com um pedacinho de castanha na extremidade do cajuzinho. Fica delicioso!


Outra opção são "ovinhos de côco" : faça o mesmo procedimento dos "cajuzinhos", mas dessa vez usando damascos secos e amêndoas triturados. Faça bolinhas e enrole no côco ralado. Disponha em belas forminhas.


Cupcake de mel

Ingredientes:


2 xícaras de farinha de trigo integral
1 xícara de farinha de trigo branca
1 xícara de mel de abelhas
6 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1/2 xícara de água
2 ovos
1 pires de passas (opcional)
4 colheres chá)de canela em pó
1 pitada de pimenta branca
2 colheres(chá)de cravo moído
2 colheres chá)de cardamomo em pó
1 colher(chá)de bicarbonato de sódio

Modo de fazer: Amorne a água com o açúcar. Misture o mel e as especiarias numa vasilha. Depois que esfriar, adicione alternadamente as farinhas e os ovos, e então as passas e o bicarbonato. Misture bem e leve ao forno quente em forminhas próprias para cupcake. Encha apenas até a metade para que não vazem. Asse em forno médio a baixo.

Sugestão de cobertura: Cupcakes ficam lindos bem decorados com coberturas e outros enfeites. Experimente bater na batadeira uma caixa de cream-cheese, meia xícara de mel e duas colheres (sopa) de cacau em pó. Fica um creme muito gostoso e próprio para cobrir ou rechear bolos. Enfeite com uma cereja.

Balinhas de alga

Aquelas balinhas de alga japonesas, além de coloridas e bonitas, são saudáveis. Sirva numa vasilha transparente ou embale uma a uma num belo papel de balas. Como você preferir...


E as bebidas?

Por que não servir um suco fresquinho ao invés de refrigerante? Melancia, abacaxi, morango, limonada... Ou se a festa não for em casa e você precisar de algo mais prático, pode-se servir água de côco de caixinha ou um bom suco de uva ou maçã. Já se encontram nos mercados boas marcas sem açúcar e sem consevantes."


Fonte: http://www.personare.com.br/revista/casa-e-familia/materia/228/festinha-infantil-bem-natural

A pessoa errada..

Depois de uma eliminação na copa e de uma preguicite da madrugada.. vou apenas postar um texto de Luiz Fernando Veríssimo que acho óóóóóóóteeeemo!!! aiai..rss






Pensando bem
Em tudo o que a gente vê, vivencia, ouve e pensa...
Não existe uma pessoa certa pra gente.

Existe uma pessoa que se você for parar pra pensar
É, na verdade, a pessoa errada.

Porque a pessoa certa faz tudo certinho,
Chega na hora certa, fala as coisas certas, faz as coisas certas.
Mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.

Aí é a hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada te faz perder a cabeça
Fazer loucuras, perder a hora, morrer de amor.

A pessoa errada vai ficar alguns dias sem te procurar
Que é pra na hora que vocês se encontrarem
A entrega ser muito mais verdadeira.

A pessoa errada é, na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa
Essa pessoa vai te fazer chorar
Mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas

Essa pessoa vai tirar seu sono
Mas vai te dar em troca uma noite de amor inesquecível

Essa pessoa talvez te magoe
E depois te enche de mimos fazendo vocês esquecerem o que passou

Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado
Mas vai estar 100% dentro do seu coração
E também vai estar o tempo todo pensando em você.

Todo mundo um dia tem que ter uma pessoa errada
Porque a vida não é certa. Nada aqui é certo.

O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo
Amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando,
agindo,querendo,conseguindo

E só assim é possível chegar àquele momento do dia
Em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"

Quando na verdade tudo o que ele quer
É que a gente encontre a pessoa errada
Pra que as coisas comecem realmente a funcionar direito pra gente...

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Sucos Funcionais




Minha conduta normalmente é de substituir os leites e derivados por sucos(principalmente o com couve) no café da manhã.

Então vou postar algumas receitinhas e para o que serve cada uma! ;)
Ahhhhhhh suco verde é tudoooooooo de bom!!!


-Suco verde padrão: 1 Fruta+ 1 cubo de couve+ 1 col de sopa de linhaça + semente de melão ou gergelim


-Suco para sistema imune/Inflamação: Laranja+ Cenoura + Salsa + Couve


-Suco para sistema imune/clareamento da pele: Laranja+ Romã(sementes)+ couve


-Suco para produção de colágeno: Maçã+ broto de alfafa ou broto de feijão + fruta


-Suco para inflamação: Fruta+ gengibre + couve


-Suco para depressão: Melancia com as sementes


-Suco para Insônia: Fruta + cenoura + maçã + alface roxa


-Suco depurativo: Fruta + Inhame + couve


-Shake para atividade física: Banana+ água de coco + canela+ gengibre


-Shake antioxidante: Banana + Água de coco + chocolate amargo (acima de 70% de cacau)


Vale a pena experimentar todos!!!

O suco verde padrão, prescrevo para todos!!! Rico em magnésio, cálcio (na sua melhor forma para absorção), ferro, e vários tipos de vitaminas e minerais!


Cubo de couve: Bater algumas folhas de couve e congelar em cubos! A cada suco colocar um cubo!